45.º dia: Ucrânia quer pertencer à UE até junho. Ofensiva russa não dá tréguas – Guerra na Ucrânia

A Ucrânia quer tornar-se candidata à União Europeia ate junho deste ano, segundo revelou Olga Stefanishina, vice-primeira-ministra da Integração Europeia e Euro-Atlântica do país. “Esperamos que, na cimeira dos líderes da União Europeia em junho deste ano, a Ucrânia se torne candidata à adesão, e que esse processo abra novos horizontes políticos para nós, mas supra de tudo, horizontes financeiros”, disse.

52 pessoas morreram esta sexta-feira num ataque com mísseis numa estação ferroviária de Kramatorsk, quando murado de quatro milénio pessoas esperavam no lugar para fugir da região. Um dia depois do ataque, as forças russas continuam a estrebuchar civis segundo revela o Ministério da Resguardo britânico. Volodymyr Zelensky, presidente ucraniano, apelou a uma “resposta global firme” à Rússia posteriormente o ataque à estação ferroviária em Kramatorsk, no leste ucraniano.

Makariv
Foram descobertos 132 corpos “torturados e mutilados” em Makariv, nos periferia de Kiev, revelou nascente sábado o Ministérios da Resguardo ucraniana. 

Poltava
As forças russas destruíram o repositório de munições aéreas na região de Poltava, na Ucrânia, revelou o Ministério da Resguardo Russo.

Kremlin
A “operação próprio” na Ucrânia pode terminar num “horizonte previsível”, revelou o Kremlin, com os seus objetivos a serem alcançados pelos militares russos e negociadores da tranquilidade.

Yotube
O YouTube bloqueou a conta do via parlamentar russo.

Corredores Humanitários
Dez corredores humanitários vão ser abertos nascente sábado,para a retirada de civis, revelou a vice-primeira-ministra ucraniana Iryna Vereshchuk.


Manadeira: https://www.cmjornal.pt/mais-cm/especiais/guerra-na-ucrania/pormenor/45-dia-descobertos-132-corpos-torturados-e-mutilados-em-makariv-ucrania-quer-pertencer-a-ue-ate-junho