Aprovada candidatura da U.Porto ao PRR para erigir novidade residência na Asprela

image

A Universidade do Porto viu aprovada uma candidatura ao Projecto de Recuperação e Resiliência (PRR) para seguir com a construção de uma residência universitária com 206 camas nos terrenos junto à Faculdade de Desporto.

À escritório Lusa, a Universidade do Porto adiantou hoje que a futura Residência da Asprela será construída numa espaço de cinco milénio metros quadrados e terá uma capacidade totalidade de 206 camas.

A residência estudantil permitirá “duplicar a oferta de alojamento dos Serviços de Ação Social da U. Porto”, servidos atualmente por unicamente duas residências (Paranhos e Jayme Rios de Souza) que albergam 236 camas no totalidade.

O projeto é financiado em 6,7 milhões de euros pelo Projecto de Recuperação e Resiliência, estando, no entanto, previsto que ascenda aos nove milhões de euros, sendo o restante financiado pela universidade.

A novidade residência vai abranger 206 quartos, oito dos quais acessíveis e destinados a estudantes com mobilidade reduzida.

A tipologia dos 206 quartos será individual, com aproximação a mansão de banho privativa, e compreendem uma espaço de 10,69 metros quadrados, “respeitando as normas técnicas para alojamentos de estudantes do ensino superior”, realça a universidade.

O piso térreo da futura residência universitária vai englobar 18 quartos simples com mansão de banho e os oito quartos para os estudantes com mobilidade reduzida, sendo que os restantes pisos (1,2 e 3) vão contemplar 60 quartos por piso, dividindo-se em três alas de 20 quartos com mansão de banho.

A residência vai ainda albergar diferentes espaços comuns, porquê salas de estudo, cozinhas, espaços de lazer e espaços de repasto. Já a cave é destinada a espaços de pedestal, porquê arrecadações, lavandaria coletiva e outras instalações técnicas necessárias.

“Face à localização da residência junto de instalações desportivas da Faculdade de Desporto, não se encontra previsto no projeto a construção de um ginásio, oferecido que os residentes poderão frequentar os serviços disponíveis nos espaços circundantes da universidade”, acrescenta a U.Porto.

A Residência da Asprela é o sétimo projeto da Universidade do Porto confirmado pelo PRR no contextura do Programa Pátrio para o Alojamento no Ensino Superior, que visa fabricar 15 milénio camas em alojamentos para estudantes do Ensino Superior até 2026.


Nascente: https://www.jn.pt/mundo/aprovada-candidatura-da-uporto-ao-prr-para-construir-nova-residencia-na-asprela-15385229.html