Aumento da temperatura faz disparar procura por equipamentos de ar condicionado

O aumento das temperaturas em Portugal Continental, que em algumas regiões ultrapassa os 45 graus, fez disparar a procura por equipamentos de climatização das habitações uma vez que ares condicionados e ventoinhas. Só na última semana, a procura por estas soluções atingiu os 512% no site especializado KuantoKusta.

Segundo a empresa, que analisou as actividades de consumo dos utilizadores entre os dias 4 e 10 de Julho, a categoria mais pesquisada no site foi o ar condicionado portátil, equipamento que registou o maior aumento – 1327% – e que foi também o mais vendido. De concordância com a estudo, os consumidores gastaram um totalidade de 198,20 euros na compra destes aparelhos.

Todavia, a procura também se estendeu às ventoinhas e ventiladores, que registaram uma subida de 876%, o equivalente a 56,25 euros pagos por cada cliente.

Em transmitido, Ricardo Pereira, director de marketing do KuantoKusta, explica que oriente tipo de comportamento tem sido frequente “ao longo das últimas vagas de calor” e que leva a um maior investimento em “soluções de climatização, fixas e portáteis”.

Os equipamentos de ar condicionado fixos são a escolha menos imediata ao esfriamento das casas, uma vez que requerem maior investimento. Ainda assim, esclarece a empresa, registou uma procura de 210% na última semana, e, neste caso, o valor médio é de 409 euros.

Natividade: https://www.publico.pt/2022/07/13/tecnologia/noticia/aumento-temperatura-faz-disparar-procura-equipamentos-ar-condicionado-2013560