Avião que estava no combate aos fogos caiu na região de Foz Côa. Piloto morreu

Um avião anfíbio FireBoss que estava a participar no combate aos incêndios caiu esta sexta-feira na região de Foz Coa. O piloto morreu.

“Um avião anfíbio médio FireBoss, do Núcleo de Meios Aéreos de Viseu, amizade ao Dispositivo Próprio de Combate a Incêndios Rurais, caiu esta tarde, enquanto operava no Teatro de Operações do incêndio em Torre de Moncorvo, Bragança, tendo o alerta sido oferecido pelas 19h55. Há a registar uma vítima mortal, o comandante-piloto da avião”, confirma a Protecção Social em transmitido.

“Foram, de súbito, accionados todos os meios, em conformidade com o previsto no protocolo aplicável.”

“O óbito do foi decretado no lugar pela equipa médica do helicóptero Instituto Vernáculo de Emergência Médica. O corpo do piloto ficou carbonizado e o avião anfíbio completamente destruído” , disse à Lusa o presidente da Câmara de Foz Côa, João Paulo Sousa.

O Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários vai mobilizar equipas de investigação de maneira a estarem no lugar ao nascer do dia de amanhã.

O primeiro-ministro lamentou a morte através de uma publicação no Twitter.


“Foi com grande consternação que tomei conhecimento do falecimento do piloto que operava uma avião que caiu esta tarde no combate ao incêndio em Torre de Moncorvo. Endereço as mais sentidas pêsames à família e amigos”, escreveu António Costa.

“A todos os operacionais que estão no terreno, transmito a minha solidariedade e gratulação pelo interesse e dedicação no combate aos incêndios que têm fustigado o nosso país.”

Nascente: https://www.publico.pt/2022/07/15/sociedade/noticia/aviao-combate-fogos-caiu-regiao-foz-coa-2013889