Detidos dois suspeitos de traficar cocaína em aviões no aeroporto de Lisboa

A Polícia Judiciária deteve dois cidadãos portugueses, de 30 e 41 anos, suspeitos da prática do delito de tráfico ilícito de estupefacientes agravado e de adesão a associação criminosa.

Segundo a investigação, a rede criminosa dedicava-se a “introduzir grandes quantidades de cocaína em território pátrio, transportada em aeronaves que operam voos de risco aérea regular provenientes da América Latina”.

A PJ realizou “diversas buscas domiciliárias e não domiciliárias”, apreendendo documentação e objetos “com interesse para a prova dos factos em investigação”, lê-se no transmitido enviado às redações.

Os dois homens detidos, que prestavam serviço no Aeroporto Humberto Magro, em Lisboa, foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo ambos ficado em prisão preventiva.

Recorde-se que, no final de janeiro deste ano, no contextura da mesma investigação, a PJ deteve, em flagrante delito, outros dois homens, ambos trabalhadores de empresas prestadoras de serviços de limpeza no Aeroporto Humberto Magro, que tinham por missão retirar de aeronaves malas de viagem carregadas de droga, subtraindo-as aos normais circuitos de controlo. Essas malas eram introduzidas clandestinamente nas aeronaves nos aeroportos de origem ​​​​​​,por outros elementos integrantes da mesma estrutura criminosa.


Nascente: https://www.jn.pt/justica/detidos-dois-suspeitos-de-traficar-cocaina-em-avioes-no-aeroporto-de-lisboa-15024549.html