Everton regressa às vitórias à custa do Manchester United

O Everton precisou de encontrar o variável Manchester United para voltar hoje às vitórias na Liga inglesa de futebol, com os toffees a vencerem em morada a equipa de Bruno Fernandes e Cristiano Ronaldo, por 1-0.

O United, que teve os dois jogadores portugueses em campo o tempo todo, e Diogo Dalot no banco, mostrou-se, porquê tantas outras vezes neste campeonato, uma equipa incapaz, e agora com a possibilidade de permanecer ainda mais longe da zona europeia e da Champions

A formação de Manchester segue no sétimo lugar, com 51 pontos, os mesmos de West Ham (sexto) e a três de Arsenal (quinto), com menos dois jogos disputados, e de Tottenham (quarto), que ainda hoje visitante o Aston Villa.

Já para o Everton, que teve André Gomes no banco e depois de três derrotas consecutivas, duas das quais no campeonato, o triunfo é um balão de oxigénio, num momento em que a equipa treinada por Frank Lampard está um lugar supra da zona de descida, em 17.º.

Numa idade em que já trocou de treinador, com a saída em Janeiro de Rafa Benítez e a ingresso de Frank Lampard, todos os pontos são vitais para os toffees, que hoje passaram a somar 28, mais quatro do que o Burnley (18.º, com menos um jogo).

É precisamente depois do “sinistro” a meio da semana em morada do Burnley (3-2), que a vitória de hoje ganhou maior influência.

No jogo, da 32.ª jornada, em que Cristiano Ronaldo regressou ao “onze” do United posteriormente ter estado doente, valeu ao Everton o golo de Gordon ainda na primeira secção, aos 27’, com um remate fora de espaço, que desviou em Maguire e traiu De Gea.

Natividade: https://www.publico.pt/2022/04/09/desporto/noticia/everton-regressa-vitorias-custa-manchester-united-2001977