João Paulo, o jovem que salvou ovelhas e se tornou ícone dos fogos não quer ser herói – Tv Media

João Paulo é o herói do momento. Apanhado pela câmara fotográfica de um repórter da Lusa com uma ovelha às costas, a imagem espalhou-se mais depressa do que um incêndio e transformou-o no rosto da coragem contra os fogos que devastam o País.

Mas para leste jovem de 22 anos – nato e criado na povoação da Boa Vista, em Leiria – a foto pouco ou zero significa. Em entrevista à rádio Observador, disse que “não é um momento que goste de recordar”. “São coisas trágicas, aquelas que cá aconteceram”, afirmou, referindo-se às muitas horas que passou a resgatar pessoas e rebanho.

Na terça-feira, João Paulo salvou tapume de 60 animais, entre ovelhas e cabras que retirou de barracões ameaçados pelas chamas, e ajudou muita gente a transpor de casas que as labaredas espreitavam. “Não havia bombeiros suficientes para fazer esse trabalho”, explicou. “Na estrada principal tínhamos queimação a século metros das habitações e o agente da GNR disse que o incêndio não ia prosseguir. Mas em dois segundos, o queimação estava colado às casas das pessoas. Ninguém me ouviu”, queixou-se.

O queimação acabou por devastar grandes áreas daquela zona do País e obrigou à evacuação de localidades e ao golpe de estradas municipais. Mas João Paulo salvou tudo: as ovelhas dos vizinhos e as cabras do avô. “Conseguimos salvá-las. A retrato pode ser divulgada em qualquer lado, isso não me interessa. O que me interessa é o meu bem-estar, as minhas propriedades, as minhas coisas”, desabafou.


Natividade: https://www.cmjornal.pt/tv-media/pormenor/jovem-da-fotografia-nao-quer-ser-heroi