Leão é rei das contratações no mercado interno

Morita será o 18.º reforço proveniente de equipas portuguesas. Dragões aproximam-se dos rivais de Alvalade, águias investem pouco.

Morita será esta quinta-feira oficializado uma vez que reforço do Sporting, depois de duas temporadas ao serviço do Santa Clara, custando 3,8 milhões de euros aos cofres de Alvalade, naquele que é o 18.º desportista contratado pelos leões proveniente de uma equipa do futebol português nos últimos cinco anos. Os leões são, de resto, o clube que mais jogadores contratou a emblemas nacionais nesse período e são também aquele que mais investiu – 72 milhões de euros, num dispêndio médio de quatro milhões de euros por jogador.

O F. C. Porto segue de perto o emblema verdejante e branco em número de atletas, tendo contratado 17 no mesmo período, mas com um investimento mais reduzido, totalizando 53,6 milhões de euros, ou seja, tapume de 3,15 milhões de euros por desportista contratado em equipas portuguesas. Longe destes números está o Benfica. Na Luz, o investimento em contratações tem sido feito maioritariamente no estrangeiro e nos últimos cinco anos chegaram 10 atletas que foram contratados a clubes lusos, totalizando 20,8 milhões de euros – pouco mais de dois milhões de euros por desportista.


Manadeira: https://www.jn.pt/desporto/leao-e-rei-das-contratacoes-no-mercado-interno-14961482.html