Militantes ecologistas bloqueiam aeroporto de Berlim

image

Militantes do grupo ecologista Última Geração entraram, esta quinta-feira, no aeroporto de Berlim, situado a sul da capital alemã, e bloquearam a pista.

O próprio grupo afirmou nas suas contas nas redes sociais que várias pessoas se colaram ao solo, enquanto outros andam a dar voltas de bicicleta no piso, impedindo o tráfico distraído.

O grupo exige transportes públicos mais baratos, muito uma vez que a introdução de um limite de velocidade nas autoestradas alemãs.

Nas redes sociais, o grupo diz que é preciso transporte público mais barato em vez de voos de aviões provados em aeroportos financiados.

Outros grupos bloquearam vias de informação no bairro mediano de Prenzlauer Berg.

Em expedido, o grupo justifica as suas ações e invoca algumas personalidades que mostraram compreensão com aquelas, uma vez que o juiz Michael Hassemer, que disse que a crise climática e a falta de reações tem consequências tão graves que se justificam medidas excecionais, inclusive violações da lei.

“É triste que seja necessário fazer nascente género de pressão, em que pessoas normais arrisquem passar semanas na prisão para que o governo reaja”, disse a porta-voz do grupo, Aimeé van Baalen.

No texto sobre o bloqueio do aeroporto considera-se que o avião não é um meio de transporte normal para cidadãos normais e assinala-se que 80% da população nunca o utilizou.


Manadeira: https://www.jn.pt/mundo/militantes-ecologistas-bloqueiam-aeroporto-de-berlim-15385987.html