Nenhum português entre os cinco novos astronautas de curso da ESA – Sociedade

Nenhum português foi selecionado pela Filial Espacial Europeia (ESA) para a classe de cinco novos astronautas de curso, esta quarta-feira conhecida.

A ESA selecionou, no contextura da campanha de recrutamento lançada em março de 2021, três homens (de Espanha, Bélgica e Suíça) e duas mulheres (de França e Reino Unificado).

Entre os novos astronautas há pilotos, um médico e um neurocientista.

Os novos astronautas de curso, que foram anunciados numa protocolo transmitida em direto de Paris, França, vão iniciar no próximo ano o programa de treinos para futuras missões espaciais e vão juntar-se ao atual corpo ativo de sete astronautas da ESA – de Itália (2), Alemanha (2), Reino Unificado (1), Dinamarca (1) e França (1).

A ESA selecionou também, pela primeira vez, um astronauta com uma deficiência física, enquadrado por um programa que servirá para estudar as condições e tecnologias que garantam missões seguras para estas pessoas.

À campanha de recrutamento lançada em 2021, mais de dez anos depois da precedente, apresentaram-se 320 portugueses com candidatura válida, entre um totalidade de mais de 22 milénio de várias nacionalidades.

A ESA abriu o novo recrutamento a pensar em futuras missões à Lua ou mesmo a Marte e quis aumentar o número de mulheres no espaço – atualmente a dependência tem uma astronauta no ativo, a italiana Samantha Cristoforetti, que se tornou levante ano na primeira mulher europeia a comandar a Estação Espacial Internacional.


Manadeira: https://www.cmjornal.pt/sociedade/pormenor/20221123-1607-nenhum-portugues-entre-os-cinco-novos-astronautas-de-carreira-da-esa