Pepa diz estar de “consciência tranquila”

Treinador usou as redes sociais para se despedir dos adeptos e sócios do Vitória de Guimarães.

Despedido do comando técnico do Vitória de Guimarães, Pepa utilizou as redes sociais para se encaminhar aos adeptos do clube minhoto. E, nas primeiras palavras dirigidas à família vitoriana, relembrou o oração que fez no primeiro dia que chegou a Guimarães. “Quem me conhece de perto, sabe que sempre foi um objetivo de curso vestir a camisola do Rei e proteger o forte. No meu primeiro dia afirmei que o Vitória queria muito o Pepa, mas o Pepa também queria muito o Vitória. Desejei muito estar cá e encarnei desde o início o espírito vitoriano. O espírito de uma cidade e de uns adeptos que amam o seu clube e dizem presente nos momentos mais difíceis”, começou por ortografar.

“Estou de consciência tranquila: tudo fiz para proteger os interesses do Vitória e do grupo de trabalho. Só posso estar grato por me terem oferecido a oportunidade de cá ter estado. Não menos importante, agradeço aos meus jogadores. Aos que entraram, aos que saíram, aos que jogaram mais, aos que jogaram menos, aos tantos e tantos meninos que lançámos e que têm um grande horizonte pela frente. Vou torcer por cada um de vocês”, prometeu.

Em nota final, Pepa faz votos para que o Vitória consiga atingir os patamares desejados. “Em ano de centenário, e depois o revinda à Europa, o que mais libido é que o Vitória possa estar à fundura dos seus desígnios. Leste clube foi, é e será eternamente um gigante do futebol português. Orgulhosamente posso proferir que foi um prazer fazer segmento desta história. Porque, de facto, o Vitória está na história da minha vida”, concluiu.


Nascente: https://www.jn.pt/desporto/pepa-diz-estar-de-consciencia-tranquila-15017567.html