Piratas da Segurança Social não terão acedido a dados de cidadãos ou empresas

image

Continua sem possuir evidências de ter existido chegada indevido a dados de cidadãos ou empresas na sequência do ataque informático de que a Segurança Social foi mira.

“Relativamente ao incidente de cibersegurança, a investigação judiciario está em curso e mantém-se o ponto de situação inicial, ou seja, até à presente data, não existe qualquer evidência de ter existido chegada indevido a dados de cidadãos ou de empresas”, pode ler-se em enviado da Segurança Social enviado esta quinta-feira às redações, que reitera o que já tinha sido avançado na segunda-feira, quando a entidade informou acerca do ciberataque.

O JN apurou que o incidente ocorreu no pretérito sábado e que está a ser investigado pela Unidade Pátrio de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica da Polícia Judiciária. A prioridade dos inspetores é desvendar a identidade dos piratas informáticos que levaram a cabo levante violação.


Manancial: https://www.jn.pt/vernáculo/piratas-da-seguranca-social-nao-terao-acedido-a-dados-de-cidadaos-ou-empresas-15380442.html