UE apela a maior interesse na resguardo do clima e da vida na conferência da ONU – Mundo

A União Europeia (UE) apelou esta terça-feira, em intervenções na conferência da ONU sobre o clima (COP 27), no Egito, a um maior e súbito interesse global na luta contra as alterações climáticas e na resguardo da vida.

“O tempo das promessas que se somam acabou, chegou o momento do compromisso, da realização”, disse o presidente do Juízo Europeu, Charles Michel.

O líder europeu acrescentou ainda – em reposta a palavras que o secretário-geral da ONU, António Guterres proferiu na segunda-feira – que perante o “suicídio coletivo” ou a solidariedade, a Europa escolhe “a solidariedade e a vida”.

Por seu lado, a presidente da Percentagem Europeia, que também discursou esta terça-feira na sessão plenária da COP 27, salientou que a UE se mantém no caminho da descarbonização, da redução em 55% das emissões de gases poluentes até 2050, da opção por energias de fontes renováveis e da ajuda na transição para uma economia mais verdejante dos países em desenvolvimentos.

“Vamos fazer oriente caminho juntos”, desafiou von der Leyen.

Também hoje, a UE assinou esta terça-feira acordos com a Namíbia para desenvolvimento de hidrogénio e com República do Congo, Uganda e Zâmbia, entre outros, para proteção das florestas, no contextura da conferência da ONU sobre o clima.

A COP 27 arrancou no domingo e decorre até dia 18, em Sharm el-Sheikh, no Egito, com um novo alerta sobre a aceleração do aquecimento global, do qual financiamento dos danos a países pobres está pela primeira vez, oficialmente, na lista dos debates.

Segundo dados divulgados pela Organização Meteorológica Mundial, os oito anos entre 2015 e 2022 terão sido os mais quentes já registados.


Manadeira: https://www.cmjornal.pt/mundo/pormenor/ue-apela-a-maior-empenho-na-defesa-do-clima-e-da-vida-na-conferencia-da-onu